Você vai ficar chocado ao saber o que causou cárie dentária em uma criança, veja só.



Raramente nos dias de hoje, as crianças visitam o dentista para uma limpeza de rotina.

A enorme quantidade de açúcar que muitas crianças consomem está os deixando com a cárie dentária e os dentistas de todo o mundo estão tendo que retirar estes dentes, devido ao apodrecimento.

Um menino de 3 anos na Nova Zelândia recentemente teve que passar por 11 extrações de dentes graças a sua ingestão surpreendentemente alta de açúcar.

O dentista Dr. Rob Beaglehole observou que o copo, do menino, com canudinho, era comumente preenchido com soda.

O problema se estende muito além da Nova Zelândia.

A Associação do Coração da America recomenda que as mulheres consumam não mais de 6 colheres de chá de açúcar por dia, e os homens devem consumir não mais de 9 colheres de chá por dia.

Porém uma latinha de Coca-Cola contém 15 colheres de chá de açúcar! Se você beber apenas uma por dia, você está dobrando a quantidade diária recomendada.

A quantidade de açúcar consumido por cada americano médio, por dia corresponde a 23 colheres de chá – mais que o triplo da quantidade recomendada para homens e o quadruplo recomendada para as mulheres.

Além disso, o ácido cítrico, um conservante que aumenta tanto o sabor e a validade dos refrigerantes, é o principal culpado.

Ela corrói o esmalte e, eventualmente, a dentina, que é o núcleo do dente.

As bebidas energéticas também contêm altos níveis de ácido cítrico.


A saúde dentária está longe de ser a única razão para ficar longe de açúcar adicionado.

O açúcar pode sobrecarregar o fígado e tem sido associado a doença hepática gordurosa não-alcoólica.

Ele pode causar resistência à insulina – o controlador principal de muitas doenças, incluindo a síndrome metabólica, doença cardiovascular e diabetes do tipo 2.

O alto consumo de açúcar, conduz a um risco muito maior de desenvolver câncer.

consumo de açúcar tem crescido a um ritmo alarmante, e é agora conhecido como o principal contribuinte para a obesidade em crianças e adultos.

É extremamente viciante e diminui os níveis de saciedade, levando as pessoas a perder o controle sobre a quantidade de alimentos e de açúcar que consomem.

A obesidade infantil mais do que duplicou em crianças e quadruplicou em adolescentes nos últimos 30 anos. Em 2012, mais de um terço das crianças e adolescentes estavam acima do peso ou obesos.

Os efeitos imediatos para a saúde da obesidade são correspondidos pelos efeitos na saúde a longo prazo.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, os jovens obesos são mais propensos a ter doença cardiovascular, pré-diabetes, problemas ósseos e articulares, apneia do sono e problemas sociais e psicológicos, incluindo baixa auto-estima.

Crianças e adolescentes obesos são propensos a ser obesos como adultos, colocando-os em risco de doença cardíaca, diabetes tipo 2, derrame, vários tipos de câncer e osteoartrite.

A Associação Dental da Nova Zelândia sugeriu que os pais adotem o consumo de água e leite para as crianças, na esperança de evitar mais deterioração de dentes por causa do refrigerante, além de outros males.



Comentar

five × three =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.